Começando um Relacionamento com Jesus – Dia 4

E agora?

Ser um cristão é “estar em” Jesus. Deixando mais claro, você começa uma vida de “permanecer” Nele e “continuar” Nele. O que isso significa? Isso significa você buscar o crescimento em seu relacionamento com Ele entregando seu coração, alma, mente e força totalmente ao relacionamento (Marcos 12:30, Lucas 10:27). 

Aqui estão cinco formas de permanecer em um relacionamento com Jesus Cristo:

Nos relacionando com outros cristãos

A igreja são pessoas que entraram em um relacionamento com Jesus e portanto foram perdoadas por Jesus e querem viver para Jesus. Crescer em um relacionamento com Jesus é mais fácil ao estar em uma igreja. É lá na igreja, com outros cristãos, que aprendemos, crescemos, fazemos perguntas, servimos, buscamos e adoramos a Deus juntos. 

Guiados por Deus lendo e aprendendo a Bíblia

A medida que você cresce no seu relacionamento com Jesus Cristo, você começa a aprender mais da Bíblia. A Bíblia é a Palavra de Deus e é uma das formas mais importantes que Ele tem revelado Ele mesmo e Seu desejo e desígnio para nossa vida. Quanto mais você conhece a Bíblia, mais você conhecerá o próprio Deus. 

Conversando com Deus pela oração

O propósito da oração é o mesmo das conversas intencionais: crescer juntos mais próximos em um relacionamento significativo. Isso significa que a oração cobre um grande número de tópicos. Orar envolve compartilhar ideias, ouvir, fazer perguntas, pedir ajuda, se expressar de forma que possa ser entendido, confessar e pedir perdão, agradecer ou apenas estar junto. 

Agindo pelo serviço

Agir pelo serviço, cuidando, saindo em direção as pessoas, é expressar o amor do coração de Deus pelas pessoas e isso é também uma maneira significativa que você vai desenvolver em seu relacionamento com Jesus. Por que? Porque isso é o que Jesus fez. Jesus disse, “Porque até o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir” (Marcos 10:45). 

Expressando amor a Deus pela adoração

Adoração é nossa expressão intencional de apreço e gratidão a Deus.  A adoração pode ser feita sozinho ou em um estádio com milhares de outras pessoas. Pode tomar lugar em um prédio de uma igreja ou em uma montanha no campo. Adoração é sua autêntica e honesta expressão diante de Deus.
Fonte : YouVersion 

Começando um Relacionamento com Jesus – Dia 3

​”Nova Identidade”

O direito de se tornar filho de Deus é possível por Jesus e a notícia incrível é que por causa de Jesus, Deus agora diz sobre nós as mesmas coisas que Ele disse sobre Jesus. Pronto para isso? Aqui está: “Você é meu Filho, a quem Eu amo; com você eu estou satisfeito” (Marcos 1:11)

.

Por causa de Jesus, Deus diz as mesmas coisas sobre você que Ele disse sobre Jesus. Nessa frase, Deus nos dá um incrível fornecimento de afirmação para um déficit de identidade que todos sentimos—esse corrosivo e profundo desejo de pertencimento, de ser amado e aprovado. Observe os três elementos distintos nessa promessa: 

1. Você é Meu filho…
 

Quando Deus diz, “Você é Meu filho,” Ele está se identificando conosco. Ele está dizendo que quer estar associado conosco, que estamos juntos. 

O primeiro ponto dessa nova identidade é que somos pessoas em quem Deus tem prazer em estar associado. Ele está dizendo, “Sim, ela é Minha filha; ele é Meu filho.” Ele nunca desassocia Ele mesmo de nós uma vez que nos tornamos Seus filhos. É muito lisonjeiro que Ele tenha sido tão gentil, apesar de nosso comportamento nojento as vezes! 

2. A quem Eu amo …

Algumas vezes em um relacionamento familiar, podemos nem sempre gostar uns dos outros, muito menos amar uns aos outros. Se você tem um membro na família que não gosta, você deve sentir, “sim, eu tenho que admitir que é meu irmão, mas não gosto dele. 

Mas Deus não é assim. Deus não apenas está dizendo, “Sim, esse é Meu filho,” mas Ele também está declarando, “Eu amo este filho. Ele tem o meu carinho. Meu coração está com ele e é para ele.”

3. Em você eu tenho prazer.

O ápice da afirmação de Deus nessa promessa é adicionar “Eu tenho muito prazer em você.”  O Deus que colocou as estrelas no lugar está dizendo que tem orgulho de você. Não de uma outra pessoa—mas de você. 

Enquanto crescemos em entendimento das profundezas do coração de Deus por nós, essas afirmações começam vagarosamente a encher o déficit de identidade que tem lugar em nossas almas. Todas essas coisas que temos feito procurando por afirmação, para tentar ser importante, se sentir importante, para ser admirado, para sermos considerados grandes—agora nós temos uma resposta. E não das pessoas, não das coisas materiais que não preenchem nosso coração, não dos títulos ou posições…mas de Deus. 

“Quem é Deus?”
Entender algumas coisas principais sobre Deus vai te ajudar enquanto você começa a segui-lo. Vamos falar sobre as quatro características de Deus:
Deus é Eterno
Deus usa cada palavra aqui para descrever a Si mesmo como além do tempo: eterno, sem fim, para sempre, é, era e será. Deus é eterno. Eterno não significa muito, muito tempo. Significa “sem tempo.” Significa “fora da dimensão do tempo.” 
Deus é relacional
A Bíblia ensina em muitos lugares que Deus existe como três pessoas juntas em perfeita união. É a chamada Trindade. Mais do que ser uma figura ímpar de Deus, o Deus da Bíblia é Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Eles são pessoas distintas, mas vivem e trabalham em perfeita unidade. 
Deus é Perfeito
Deus não é falho e nunca precisa melhorar. Ele não tem escassez—de caráter, pureza, conhecimento, poder ou habilidade. Especialmente em contraste a nós, Deus é moralmente perfeito. A Bíblia diz, “Deus é luz; Nele não há escuridão nenhuma” (I João 1:5). 
Deus é “omni”
Deus é onipresente, Ele é onipotente, e Ele é onisciente. Essas palavras significam (em ordem) que Deus é “sempre presente,” que Ele é “todo-poderoso,” e que Ele “sabe todas as coisas.” Ele é capaz de estar em todo lugar simultaneamente, Ele é poderoso sobre todas as coisas e Ele sabe tudo. 
Então porque tudo isso importa? 

Entender a eternidade de Deus me dá esperança. Saber que Ele é relacional significa que eu posso conversar com Ele. Saber que Deus é perfeito significa que mesmo quando eu não entendo, eu posso confiar Nele. E saber que Ele é tudo significa que Ele é o Único que detém o poder, que Ele não nos deixa sozinhos e que tudo que é mal será derrotado. 
Então quem é Deus? Ele é quem te fez, Ele é quem te ama além dos seus sonhos mais secretos e Ele é quem deu Seu próprio Filho, Jesus Cristo, para morrer para que Ele pudesse ter um relacionamento eterno com você. 
Conhecer a Deus muda nossa visão das pessoas—começamos a vê-las como almas eternas, não corpos temporários. 
Conhecer a Deus nos ajuda a enfrentar as dificuldades de forma diferente. Conhecer a Deus significa que nós nunca temos que sentir como se a vida estivesse fora de controle.
 Conhecer a Deus fundamenta em nós humildade e propósito. Conhecer a Deus ajuda a vida a fazer sentido. 

Fonte : YouVersion 

Começando um Relacionamento com Jesus -Dia 2

“O Verdadeiro Capitão”

Uma maneira de descrever Jesus é como um resgatador em uma missão de resgate. Quando Jesus disse, “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida,” Ele não disse, “Eu sou um caminho, uma verdade e uma vida.”

Nossa pergunta a Ele é similar a nossa pergunta ao capitão do avião ou do navio que estamos porque queremos saber, “Você É mesmo o capitão (O Filho de Deus)?”

Com os progressos da vida, muitos de nós desenvolvemos gradualmente um desinteresse por essa questão. A maioria de nós se sente confortável apenas tentando conseguir um assento com espaço suficiente para as pernas no avião. E a maioria de nós não está encarando nossa mortalidade com o tipo de intensidade que teríamos em um navio que estivesse afundando. Mas ter confiança no capitão é a questão principal em ambas analogias.

No navio, sua fé (ou não) no capitão pode fazer toda a diferença. A mesma coisa com Jesus. Se é uma missão de resgate, somos menos propensos a dizer, “Eu posso ir do jeito que eu quiser.” Sim, você pode se quiser, mas se Ele realmente é o capitão, o único que sabe todas as nuances da existência humana, então Ele realmente sabe o caminho.

Ou talvez enquanto começa a explorar o que a Bíblia diz sobre Jesus, você começa a perguntar a si mesmo “Eu acredito que Ele sabe o caminho?”

Se está lendo este plano, você pode ou não pode ter chegado ao ponto em que você diz sim a essa pergunta. Ou você pode ter dito, “Sim, eu acredito. Mas ainda tenho dúvidas.” Se este é você , nós estamos com você e por você. Guarde as perguntas que estão vindo. Boas perguntas são a maneira de crescermos. Dúvidas e incertezas não são incomuns. 

Mas vamos dizer que você concorda que Jesus saiba o caminho. Se isso é verdade, a primeira pergunta que você deve fazer é, “O que eu preciso fazer para ir nesse caminho?”

E é aqui que Jesus nos surpreende. Ele não diz, “Siga isso.” Ele diz, “Me siga.” O capitão do cruzeiro não apontou para um mapa, Ele nos apontou para Ele mesmo. Jesus também aponta para Ele mesmo e Ele nos convida a confiar. 

“A oferta”

Uma característica notável da fé cristã é que esse relacionamento com Jesus é sempre uma oferta. Nunca é forçado.

Uma vez um jovem foi a Jesus, perguntando o que ele precisava “fazer” para conseguir a vida eterna. (Marcos 10:17–22). Como Jesus sempre fazia, Ele conduziu a conversa de forma a permitir ao jovem ver a si mesmo claramente.

Então Jesus nem sequer fez uma pergunta a esse cara sério. Ele começou somente a listar os mandamentos judaicos e o jovem interrompeu, “Sim, sim, eu tenho guardado todos eles!” Mas o que acontece depois é mais interessante. Marcos 10:21 diz, “Jesus olhou para ele e o amou.”

Jesus olhou. Ele não pregou um sermão. Ele não apontou dedos. Entretanto, Ele olhou diretamente para aquele jovem e tornou toda a sua atenção do coração e mente para aquela pessoa, o convidando a entrar em um relacionamento.

Jesus amou. Foi no olhar que o amor se desenvolveu. Não foi no jovem seguindo as regras à risca ou em seus feitos incríveis. Jesus olhou para ele e o amou apenas por ser ele mesmo.

Fica claro que o jovem realmente gostou da ideia de Jesus e queria fazer uma boa escolha. Mas quando Jesus fez a oferta por um relacionamento, Ele fez isso em um contexto de completo comprometimento: “Vai, venda todas suas posses e dê aos pobres, e você terá um tesouro no Céu. Então venha e siga-me” (Mateus 19:21).

Quando Jesus olhou e amou aquele homem, Ele sabia exatamente o que Ele precisava pedir a ele para revelar seu verdadeiro coração. Insistindo na questão dos bens, Jesus foi ao coração do problema daquele indivíduo em particular.

Então Jesus olhou para ele, o amou e deixou a ele uma escolha por um relacionamento. Mas o jovem se foi. Essa é a surpresa de Deus. Deus tem todo o poder em um relacionamento com cada um de nós, mas surpreendentemente, Ele nós dá a liberdade de dizer sim ou não para Ele.

Algumas vezes as pessoas dizem, “Se Deus quer que todos nós tenhamos um relacionamento com Ele, porque Ele não nos programa previamente para isso? Mas o amor não pode ser pré-programado. Se nós fôssemos forçados a dizer sim para Jesus, forçados a sermos cristãos, isso iria contra o caráter de Deus e o tema central do Cristianismo—sobretudo que o que Jesus oferece é baseado em amor, a mais pura forma de amor. 

Fonte : YouVersion 

Começando um Relacionamento com Jesus – Dia 1


“Leis x Relacionamento”

Se você fizer uma rápida pesquisa sobre a definição de Cristianismo, provavelmente encontrará algo como “seguir os ensinamentos de Jesus.” E está correto—o Cristianismo consiste em segui-los. O problema é que a maioria das pessoas transforma a ideia de “seguir Jesus” em “seguir regras”—e não é essa a questão. 

A Bíblia deixa claro que a essência é um relacionamento com Jesus, não regras. Quando você começa a explorar a Palavra de Deus, percebe que o objetivo principal é estarmos em um relacionamento de amor e de aliança com Ele. 

Desse modo, dizer que a ideia central do Cristianismo é seguir determinados ensinamentos é como declarar que a ideia central do casamento é dividir as despesas domésticas. Não é exatamente isso que esperamos de uma grande história de amor, não é mesmo! 

Essa perspectiva de lei versus relacionamento é um grande divisor que distingue o cristianismo das outras religiões. Quando a maioria das religiões ensina que o caminho para “ser bom” é por práticas exigidas e crenças rígidas, o cristianismo começa de um lugar diferente.

Desde os primeiros momentos, os seguidores de Jesus não eram conhecidos por seguirem regras ou “serem bons”. A coisa que era fácil de perceber—a única coisa que era digna de menção—era o fato de que eles “estiveram com Jesus” (Atos 4:13). Não que eles reconheceram Jesus, não que eles seguiram o sistema de comportamento de Jesus, mas que eles estiveram “com” Ele. 

Estar com Jesus é o que transformou essas pessoas no que a Bíblia chama de “homens simples, sem instrução” em grandes e corajosos líderes. E essa é a mesma realidade que nos é oferecida quando Jesus nos convida para um relacionamento: “estar com Ele.”

“Perguntas”

Pessoas que são dotadas na arte dos relacionamentos são sempre as pessoas com as melhores perguntas. E nisso Deus é um profissional. 

Dê uma olhada em algumas das perguntas mais profundas de Deus:

Onde você está? (Gênesis 3:8-9)

Logo no começo da Bíblia, Deus demonstra esse aspecto de Seu caráter pelo Seu relacionamento com Adão e Eva—um relacionamento diário de confiança e transparência.

 

Em Gênesis 3, lemos sobre Adão e Eva escolhendo se virar contra Deus e vier uma vida longe Dele. Quando o relacionamento foi quebrado, Deus veio à procura de Adão e Eva. Ele não chegou para punir ou envergonhar, mas para restaurar o relacionamento. 

Quando você pode sentir Deus mexendo em sua vida, você também é uma pessoa que Ele está buscando, então você possa ser capaz de conhecê-lo e viver em um relacionamento com Ele. 

O que você quer? (João 1:35-39)

Em João 1, nós vemos Jesus perguntando a alguns homens curiosos como Deus pergunta. Ele os perguntou, “o que vocês querem?” (João 1:38). 

Os homens evitaram a pergunta e mudaram de assunto, perguntando a Jesus, “Onde você está ficando?” Em vez de dar-lhes um endereço, Ele respondeu, “Venham… e vejam” (João 1:39). Ao invés de dar um resposta,  Ele faz um convite.

 

As vezes, muitos de nós estamos constantemente dizendo a Deus, “Quero algo de Ti” enquanto Deus está dizendo a nós, “Quero estar com você.” 

Quem vocês dizem que eu sou? (Mateus 16:13-15)

Aqui é onde começa o cristianismo. Sua resposta a essa pergunta é o seu ponto de partida, porque é onde fica claro o que você pensa sobre Jesus. Felizmente, o que Jesus diz sobre Ele mesmo é registrado na Bíblia, incluindo João 10:36, João 11:25, João 10:11 e João 8:58.

Essas são algumas afirmações de Jesus—como Ele responderia às perguntas sobre Sua identidade. Mas Jesus não para; Ele torna isso ainda mais pessoal. 

Você crê nisso? (João 11:25-26)

Jesus sempre torna as coisas pessoais. Ele disse aos Seus discípulos, “Mas e quanto a vocês—Quem vocês dizem que eu sou?” e Ele disse para Marta em João 11:25-26, “Você crê nisso?”

 

Jesus faz as mesmas perguntas a nós também, e responder essas perguntas é parte de estar em um relacionamento com Deus, de achar Deus e de achar a verdade. E encontrar a verdade começa com Jesus Cristo. 

Fonte: YouVersion 

​Lições do Livro : Will e Will – John Green e David Levithan

​Lições do Livro : Will e Will – John Green e David Levithan 

Sempre fui muito fã dos livros do John Green, porém esse livro deixou muito a desejar na minha opinião. 

Um vocabulário muito sujo, palavras agressivas, personagens depressivos, onde na minha opinião os autores deveriam ter se atentado, pois escrevem para muitos adolescentes e jovens, onde pode acabar induzindo ao erro.

Não indico essa leitura a ninguém, além do mais o enredo da história é confuso e o final pior ainda. 

Gostaria de ter tirado alguma boa lição desse livro, porém apenas a lição que deixo dessa leitura é que: Não façam essa Leitura. 

Bjsss 

Boa semana a todos. 

​Balanço Pessoal 2016.

As empresas são obrigadas a fazerem seu balanço anual e Você  ja parou pra pensar em fazer um balanço pessoal? Poise com a chegada de um novo ciclo acredito que seja muito interessante pensarmos em como mudamos em um ano!!!

Percebi que amadureci muito nesse ano, e estou muito feliz com isso, acredito que estamos nessa vida para evoluirmos como pessoas e o amadurecimento faz parte deste processo.

Nesse ano me tornei uma pessoa que pensa mais antes de falar ou ter alguma reação!! 

Aprendi também a não me apaixonar por homens errados, pois muitas vezes sabemos que vamos sofrer, que ele não tem nada a ver com o estilo de vida que buscamos e suas atitudes não são de um homem de verdade , nesses casos é certo que o coração vai sofrer. 

Ainda estou em busca de um amor, porém agora muito mais preparada para essa fase.

Minha relação com Deus também amadureceu muito, estou mais ligada a ele e isso me faz feliz, pois é ele que sustenta nossas vidas!! Devemos tudo a ele!!

Deixei muitas pessoas saírem da minha vida, parei de tentar agradar a todos, ser amiga de todos, pois agora percebo que muitas pessoas que estavam em minha volta não eram minhas amigas de verdade, e ter deixado elas saírem da minha vida deixou tudo mais leve!! 
Percebi que não preciso disso pra ser feliz, não é QUANTIDADE que faz a diferença e sim a QUALIDADE das amizades.

Para esse novo ano minha palavra de reflexão vai ser PACIÊNCIA. Ela que vai guiar meus dias!

Te convido a fazer um balanço de sua vida também!! Tenho certeza que você vai se impressionar consigo mesmo!!

Te desejo um 2017 maravilhoso e abençoado por Deus!!

Feliz Ano Novo 

Bjs

Happy New Year !!!

É mais um ano se passou, muito rápido na minha opinião,  junto com ele ficaram a lembrança de muitos momentos, bons e ruins… Acredito que esse ano não foi fácil pra ninguém, muitas tragédias, desemprego, fenômenos naturais assustadores, lava jato, impeachment,  queda de avião,  uffaaaaa entre muitos outros acontecimentos. 

E o que podemos aprender de lição de tudo isso? 

Acredito que a mais importante de todas é dar valor aos pequenos momentos, pois a vida pode mudar seu rumo em questão de segundos!!!! E o pior sentimento de todos e se sentir culpado e arrependido de não ter feito de uma forma diferente o que estava ao seu alcance. 

Segue conosco muitos sonhos não realizados no ano que acaba, e fica como meta para 2017 alcançar esses objetivos. Vamos lá! ! Força, Foco e muita Fé.

Vamos ter 365 dias para construir a história que desejamos pra nossa vida, então vai lá e faça a diferença! 

Escreva a história do livro de sua vida! 

Que Deus nos abençoe nos concedendo saúde, proteção,  força para enfrentar as dificuldades e que nunca nos falte Fé! !

Feliz Ano Novo 

Bjsss 

​Feliz Natal!!!

Boa Tarde lindezas,  

Eu sei que ando meio sumida, mas é que comecei a por em prática alguns novos projetos, e minha vida ficou um pouco corrida,  porém não poderia deixar de passar aqui e desejar um abençoado Natal a todos!!!

Hoje comemoramos uma data tão linda e importante, o nascimento de Jesus Cristo, e não podemos deixar de agradecer por tudo que ele fez por nós!  Seu amor nos mostra que devemos ser mais humildes e atenciosos com o nosso próximo! 

Que seu Natal seja repleto de alegrias, união e felicidades. 

Beijo no coração de todos 💞

O Poder da Palavra Única – Dia 4

​Viva a Sua Palavra

Definir
Quando a sua Palavra Única vem para você, ela pode vir na forma de traço de caráter, uma disciplina, uma pessoa, um foco espiritual, um atributo ou um valor. Os seguintes exemplos de possíveis palavras não deve ser uma lista especial que se pode escolher, mas sim um ponto de partida de ideias: amor, alegria, paciência, bondade, descanso, oração, saúde, treino, flexível, devoção, intimidade, disciplina, compromisso, ousadia, positivo, verde, inspirar, final, pureza, integridade e forte.

Viver a sua palavra vai mantê-lo focado e vai evitar que se distraia. Nós vemos o impacto de Neemias focado enquanto estava construindo o muro. Em Neemias 6:3, ele não deixou seu trabalho, porque estava fazendo aquilo que se comprometeu fazer—construir o muro! E ele estava fazendo um ótimo trabalho. Lembre-se, enquanto vive a sua palavra, você está fazendo um ótimo trabalho.

Saia da sua zona de conforto.

O processo é emocionante, mas também certamente será desafiador. Você vai encarar obstáculos que não havia antecipado. Você será desafiado—nós prometemos. Mas frequentemente aprendemos mais quando saímos de nossa zona de conforto, então mantenha o curso.

É essencial lembrar e focar em nossa palavra durante o ano. Se a sua palavra não está no topo de sua mente, ela será esquecida.

Mantenha sua Palavra Única na frente e no centro.

Durante anos de tentativa e erro, descobrimos meios simples e poderosos para manter sua Palavra Única na frente e no centro durante o ano.

Primeiro, coloque a sua palavra em lugares visíveis e assim você pode vê-la regularmente. Aquilo que atrai a sua atenção atrai o seu foco; o que atrai o seu foco está resolvido. Criar lembretes é importante. Escreva e coloque sua palavra em lugares visíveis, tais como no seu armário da escola, no seu carro, em sua mesa de trabalho ou em seu vestiário.

Segundo, compartilhe sua palavra com seu Grupo de Apoio—aquele círculo de amigos íntimos, colegas e família mais importante para você e em quem você confia sem hesitação. Nós o chamamos de Grupo de Apoio, porque ele é constituído por aquelas pessoas que te incentivam e te ajudam a crescer. Dê permissão a eles para perguntar sobre a sua palavra.

Quando você faz essas duas coisas simples—colar sua palavra visivelmente e compartilhá-la com outros—você garante seu crescimento. Você experimentará altos e baixos, mas isso tudo faz parte do processo. Enquanto você vive a sua palavra, deixe Deus usar a simplicidade do tema da sua Palavra Única para revolucionar a sua vida diária.

1. Qual é a coisa que você pode fazer para lembrar da sua Palavra Única?

2. Nomeie três pessoas do seu círculo íntimo para compartilhar sua palavra com elas.

3. Como você pode viver sua Palavra Única como família, negócios, grupo?

Exercite-se

Neemias 6
Extra

“”Senhor, eu oro para que o senhor me ajude a viver minha palavra plenamente este ano. Assim como Neemias, mantenha-me focado em vivê-la evitando as distrações. E se elas surgirem, dê-me a coragem para ficar focado naquilo que o Senhor chamou-me para fazer. Em nome de Jesus, amém.””

Fonte : YouVersion 

O Poder da Palavra Única – Dia 3

​O Processo da Palavra Única
Definir

Sem levar em consideração toda a excitação, ainda amamos o fato do ano novo ser uma oportunidade de passar uma borracha no que não deu certo e começar de novo. Estamos livres para finalmente perder aqueles quilos a mais, nos comprometermos a fazer nosso devocional diário, vencer mais jogos, treinar mais, orar com mais fé, passar mais tempo com a família, quitar as dívidas, aumentar as notas e até mesmo compartilhar mais de Jesus com nossos colegas e amigos. Mas a verdade é que as longas listas de resoluções raramente se tornam realidade.
Uma solução é resumir tudo isso em apenas uma palavra chave para o novo ano, fazendo disso algo básico e simples.
Então, vamos para o lado prático do conceito de Uma Palavra tema. Aqui estão alguns passos para ajudá-lo a encontrar sua palavra tema. Tenha em mente que esse processo leva tempo, mas vale a pena. Seja você um atleta, treinador, pai ou líder de negócios, esse processo pode promover grandes avanços em todas as áreas da sua vida.
O processo da Palavra Única consiste de três passos simples – Olhe para dentro, Olhe para cima e Olhe para fora.
1 Passo – Prepare seu coração (Olhe para dentro) – Esse é o momento em que você toma a ação de se desligar da correria, dos barulhos e da multidão. Ficar sozinho e em silêncio pode ser uma tarefa difícil, mas ouvir de Deus é essencial. A medida que permitimos que Deus examine o nosso coração, Ele nos dará clareza.
2 Passo – Descubra sua palavra (Olhe para cima) – Esse passo ajuda a nos conectarmos com Deus e ouvir a Sua voz. Tirar tempo para orar—ter aquela conversa simples com Deus—é o começo. Pergunte a Ele: O que o Senhor quer fazer em mim e através de mim durante este ano? Essa pergunta o ajudará a descobrir a palavra certa para você. Não escolha apenas uma palavra boa; receba a palavra que Deus tem para você. 3 Passo – Viva a sua palavra (Olhe para fora) – Uma vez que você descobriu a sua palavra agora é hora de vivê-la. Sua palavra terá impacto em todas as áreas da sua vida: física, mental, espiritual, emocional, relacional e até financeira. Mantenha o foco em sua palavra. Conte aos seus parceiros de oração e a seus familiares qual é a sua palavra do ano. Escreva-a em sua agenda. Coloque-a em sua geladeira. Fale sobre isso com sua família no momento das refeições. Faça o que for preciso para manter o seu foco em sua palavra. Oramos para que este ano seja um ano de realizações para você a medida que Deus lhe leva para um novo nível e usa a sua palavra chave para trazer glória a Ele! 

1. O que Deus está falando com você agora sobre sua palavra tema?

2. Comprometa-se em oração e peça a Deus que fale com você.

3. Passe pelos três passos e deixe Deus revelar a palavra que Ele escolheu para você.
Exercite-se

Salmos 27:4; Salmos 84
Extra

“”Senhor, eu oro por um ano de conquistas. Use essa palavra tema para trazer glória a Ti. Me faça crescer nesse processo. Revele-me a Tua verdade e vontade. Faça disso algo simples para mim. Fale, Senhor, o Seu servo está ouvindo. Em nome de Jesus, amém.”

Fonte : YouVersion